quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Regras de Convivência ♥

Conversar com umas e outras lolitas me levou a perceber como regras de convivência são necessárias em todos os meios. Essas que postei abaixo não se referem apenas a lolitas, e sim a convivência em geral. O meio lolita foi só o "lugar" onde me dei conta de como se falha nesse quesito. Me explico melhor em cada item.

Seja educada
Ok, talvez seja um primeiro item óbvio e que muitas pessoas não devem precisar ser lembradas. No entanto, relembro que um "bom dia", "boa tarde" ou "boa noite" sempre é algo simples e gentil de se dizer, especialmente porque noto que as pessoas têm deixado (oralmente) de desejar isso umas às outras. Claro, não é necessário seguir regras de etiqueta, ou chamar as pessoas por "senhor" e "senhora", ou até mesmo "senhorita". Um "obrigada" ao elogiarem um outfit, ou arranjo de cabelo, sempre faz bem; ou talvez agradecer ao te desejarem "bom dia", e falar um "para você também". Creio que isso vai da noção de cada uma e, por mais que pareçam atitudes simples, são detalhes que fazem uma pessoa sentir que não está sendo incômoda e que você está apreciando a companhia dela (pelo menos, eu sinto dessa forma).

Trate os outros como gostaria de ser tratada
Conhecida também como "Não faça aos outros o que não quer que façam a você", acho que essa é mais uma regra básica. Se gosta de receber presente quando recebe visitas, leve algum presentinho quando for visitar alguém. Se gosta de receber elogios, não se sinta constrangida em elogiar algo de outra pessoa do qual gostou. Se não gosta que se metam na sua vida e desprezem coisas das quais gosta, não faça o mesmo com os outros.

Respeite o espaço alheio
Em uma sociedade calorosa como a brasileira, talvez essa seja a regra mais difícil de seguir (se não a única). Temos como básico os típicos beijinhos de cumprimento ou até mesmo abraço. Lembre-se, pode ser algo natural, mas pode ter quem não goste. As garotas com quem conversei sobre esse tipo de coisa demonstraram muito incômodo justamente com esse setor. Creio que há aproximações automáticas que temos e que não percebemos que pode incomodar. Claro, para quem não se incomoda com abraços e proximidade corporal, há outros tipos de forçar uma aproximação. Exemplos: perguntas que não correspondem ao seu grau de intimidade com a pessoa, ficar conversando e tentando puxar assunto quando a pessoa já demonstrou que não quer contato com você. Lolitas provavelmente já sofreram alguma vez com isso, ao saírem na rua com um outfit. Então, relembrando o item acima, trate os outros como gostaria de ser tratada.

Observe as pessoas ao seu redor
Retomando um pouco do item anterior, cada um é um. O que me incomoda às vezes pode não incomodar a você, e vice-versa. Esse item pode entrar em conflito com o segundo, que diz justamente para você tratar os outros como gostaria de ser tratada. No entanto, se você for uma das tais "pessoas colorosas" do terceiro item, é capaz que acabe sendo invasiva com as outras pessoas. Neste caso, é preciso certa dose de observação e sensibilidade, porque não são todos que se sentem à vontade para falar que você está sendo invasiva. Na verdade, geralmente as pessoas não falam que o outro está sendo invasivo, a não ser que notem má-intenção por parte do outro. Então cabe a você perceber se a pessoa parece incomodada ou não.

Seja sincera
Seja para elogiar, criticar ou até mesmo estabelecer uma distância e/ou proximidade com alguém, procure falar o que acha. Claro que, para não ser mal-educada, pode trocar as palavras. Um "Saia daqui, filha da mãe!" pode ser externado perfeitamente como um "Me desculpe, mas não quero conversar agora" ou "Com licença, preciso passar" e em seguida um "Obrigada". Há muitas alternativas, e saiba que nesse quesito o eufemismo é um dos seus amigos, por te ajudar a falar o que acha sem ofender. Ou, talvez, caso esteja tentando se aproximar de alguém e notar evasivas por parte daquela pessoa, fale "Gostaria de ser sua amiga, podemos?". Sempre é legal saber se o outro está interessado em ter a sua amizade ou companhia. Conversando, tudo fica mais claro e poupa aborrecimentos por ambos os lados.


Além dessas cinco regras que considero básicas, gostaria de acrescentar duas "perfumarias" que acho interessantes de serem citadas.

Elogie
Sempre que encontrar uma oportunidade, elogie (mas seja sincera!). Gosto de fazer o seguinte: tudo que eu achar bonito eu elogio. Certa vez, atrasei a fila do bilhete do metrô por uns dois minutos apenas para conseguir comunicar à atendente que tinha achado o esmalte dela muito bonito. O sorriso que ela deu ao me entender foi algo muito agradável de ver. Para quem elogia, pode ser apenas um detalhe, mas pode dar confiança e um sorriso para quem ouve.

Sorria
Claro que não falo para você forçar um sorriso. Apenas percebi que é fácil esquecer de sorrir. Nós não andamos pela rua sorrindo, e nem sorrimos e cumprimentamos quem passa, mesmo que estejamos bem-humorados ou com humor "normal". Por vezes, gosto de me lembrar de sorrir, e observar os efeitos que isso traz. Tenho um passatempo que faço de vez em quando, de por alguns minutos sorrir para todos que encontro. É algo interessante de se fazer, mesmo que apenas uma vez, para sentir o quanto as pessoas se surpreendem com isso e como sorrir de volta é um reflexo.


Antes de finalizar essa postagem, gostaria que observassem como não existe um manual de ações para se ter uma boa convivência com as pessoas. As dicas que dei são úteis apenas para quem está interessada em ter uma boa convivência com os outros, e que cada uma tem sua importância. São todas abstratas, para você ler e pensar em como pode adaptá-las ao seu modo de ser. Afinal, o mais importante é ser você mesma!

Creio que elas podem ser todas resumidas em uma palavra: gentileza. Não sei qual é o conceito de vocês, mas para mim os cinco itens básicos podem ser resumidos nessa palavra.

Também quero aproveitar a relembrar uma coisa: tudo que você faz retorna para você. Por isso gentileza gera gentileza, como bem falou a Guren em um comentário de outra postagem minha. Por sinal, foi essa outra postagem que me levou a escrever essa. Caso se interesse, gostaria de pedir para que leia os comentários da tal postagem, pois abordam o tema aqui tratado.

Beijos de nuvem! ♥

4 comentários:

  1. Gostei bastante do texto, Alice, e obviamente concordo bastante contigo principalmente com relação a questão de sorrir para as pessoas mesmo que você não as conheça.

    Eu sou um pouco tímida e esse 'exercício' de sorrir para desconhecidos me ajuda bastante a melhorar isso. Além disso, é interessante observar como as outras pessoas demonstram felicidade quando sorrimos, cumprimentamos ou dizemos palavras gentis. Quão contagiante é um sorriso, um bom dia ou até mesmo um simples elogio, certo?

    Seus pensamentos são bem inspiradores!

    Tenha um ótimo dia! <3

    ResponderExcluir
  2. Olá, Guren! Que bom te ver por aqui! ♥

    Vejo as coisas da mesma forma que você! ♥ Também vejo algo de muito contagiante em boas ações, palavras gentis e sorrisos. LEgal saber que te ajuda a lidar com a timidez! Não sabia dessa!

    Também adoro observar as reações das pessoas: é um misto de surpresa e satisfação. É algo muito reconfortante.

    Ora, muito obrigada, os seus também me inspiram! ♥

    Obrigada, e tenha uma ótima noite! E beijos de cookies! (?) ♥

    ResponderExcluir
  3. gostei muito do seu post Alice, sinto mesmo muita falta de muita coisa que você citou.
    Acho que é de tanto passar por situações constrangedoras que eu quase nunca saio de casa mais...
    queria que o mundo fosse mais amigável, da minha parte, sempre tento ser.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Amy KuroNeko! Puxa, fico feliz em saber que a minha postagem foi legal. Mas lamento que passe por situações constrangedoras, isso não é algo que devia acontecer. É triste ver como as pessoas não se preocupam em ser simpáticas e em tratar os outros direito.

    Eu também queria que o mundo fosse mais amigável. Pelo menos eu também faço a minha parte, apesar de achar que eu poderia fazer mais.

    Beijos de trevo e um ótimo fim-de-semana! ♥

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...