segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Lolita: Por quê?

Lá estou eu, mais uma vez devaneando. Acho importante pensar antes de acrescentar algo à sua vida. Fiz isso com o que como e não será diferente com o que visto. Me peguei pensando no seguinte: o que me inspira em lolita? Por que fiquei tão interessada nessa moda?

Talvez eu esteja viajando, porém creio que as pessoas, quando escolhem que roupa vestir, estão automaticamente escolhendo a imagem externa que querem passar. Ou que, talvez, não se importem de passar. No entanto, mesmo assim, alguma sensação ela passa para ela mesma, não? Ao se olhar no espelho e ver aquela figura (seja ela uma lolita ou uma punk), há de se vir alguma sensação, alguma imagem externa, e isso é o que traz a vontade de continuar a se vestir daquela forma.

Talvez eu deva me justificar pelo motivo de tantas indagações talvez sem-noção. Eu apenas acho importante pensar antes de acrescentar algo à sua vida, e isso simplesmente porque acho valiosíssimo saber o que aquilo vai representar na sua vida e até que ponto vai influenciá-la. Não me agrada a idéia de adotar para a minha vida (ainda que esporadicamente) algo sobre o qual eu não saiba essas duas informações, afinal, são justamente elas que definirão a frequência desse algo. Reparem que não estou me referindo apenas à moda lolita, ou a como me visto, mas sim em qualquer coisa.  Quando virei semi-vegetariana, foi uma decisão que afetou toda a minha dieta e todos os meus dias a partir da minha decisão. Eu poderia, dependendo do que isso significasse para mim, fazer apenas a "segunda-feita sem carne", que muita gente faz; eu poderia não ter parado de comer carne alguma; eu poderia ter virado vegetariana; eu poderia ter virado vegana.

Após pensar e reler meus pensamentos a respeito da moda lolita, acabei concluindo que vejo nela a possibilidade do lúdico, que tanto me encanta, que tanto me fascina. É o brincar com a imaginação e, mais do que isso, com as possibilidades. O ser, o parecer, o brincar. Então fui atrás do que imagino ao imaginar uma lolita; descobri que imagino princesas. Princesas e contos-de-fada. Isso me remete à infância, e no fundo, pode ser encarado como o tal do lúdico que já falei. Inclusive, acho que vem daí minha fascinação po Alice no País das Maravilhas e livros em geral.

E agora, o quanto de lúdico eu quero na minha vida? Minha resposta está sempre na ponta da língua: o máximo que eu puder. Acho que a vida em si já é algo por vezes tão pesado e rápido, por vezes agressivo. Estando também em época de vestibular e terminar o ano letivo, tenho procurado brechas para relaxar e poder observar uma borboleta voando da janela do meu quarto. Quero poder ler "O Tempo e o Vento" ou "As Crônicas de Nárnia" tomando chocolate quente na minha caneca de morango em uma quinta-feira bonita (ou em um sábado chuvoso?) vestida de lolita enquanto ouço os Beatles ou músicas de anime.

Finalmente, após essa sequência de textos, consegui chegar a uma objetividade e descobrir o que lolita significará para mim. Procurarei vesti-la sempre que puder, assim como procuro o lúdico sempre que posso.  No entanto, quero que seja algo natural para mim, assim como o semi-vegetarianismo, e não que seja "hoje-foi-o-dia-que-escolhi-para-me-vestir-omg". Deu vontade, vesti, não deu, não vesti. Independente da ocasião.

Obrigada pelas que acompanharam essas postagens introspectivas! Não sei se continuarei escrevendo-as, acho que sempre que eu tiver alguma dúvida sobre lolita o farei. Mas, por ora, estou satisfeita.

Beijos de bolinhas de sabão em forma de bichinhos! ♥

E você, como vê o lolita? ^-^

8 comentários:

  1. Adorei seu post! Também amo o lúdico, me remete às princesas, contos de fada, e toda a magia da infância! Eu me visto para mim mesma, e gosto de me sentir assim, como você descreveu *o*

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou! O que me atraiu em lolita foi justo a sensação de que posso ser uma princesa! Acabo achando que maioria das lolitas têm essa motivação, mas, claro, não há uma certeza sobre essa minha teoria XD

    Beijos de contos-de-fada! ♥

    ResponderExcluir
  3. Acho que como você busca ser uma princesa, eu me inspiro na imagem de uma jovem refinada, não necessariamente nobre, mas que inspira um ar de nobreza pela sua elegância, delicadeza, coragem e bom caráter. Como você busca se sentir uma princesa, eu busco me sentir e me tornar mais como a personagem que fiz como meu modelo. Mas no final, eu não acho que lolita me faz me sentir mais elegante, necessariamente. Eu me sinto elegante tomando chá e ouvindo Chopin, mesmo que eu esteja de calça jeans e camiseta. Não preciso estar usando lolita.
    Mas então por que quero acrescentar lolita à minha vida novamente? Porque quero me divertir pensando em outfits, porque quero conhecer pessoas novas e interessantes, porque quero me vestir com roupas que eu acho bonitas e porque quero começar a me preocupar mais com minha aparência, e acho que lolita vai me ajudar com todos esses objetivos :)

    ResponderExcluir
  4. Awn, que resposta linda! X3 Engraçado como você resumiu também as coisas que me fazem querer me vestir de lolita. Acho que vejo muito as princesas como elegantes e graciosas <3

    Legal saber as suas motivações, Kin-chan *-*

    ResponderExcluir
  5. "Deu vontade, vesti, não deu, não vesti." Resumiu o post de uma bela forma aqui! E é exatamente isso o que eu penso sobre a moda!

    Sinto uma leve nostalgia ao terminar de ler a postagem, mas, ao mesmo tempo, muito feliz por poder ter participado, de alguma forma, desses devaneios *sempre no bom sentido!*! Obrigada por me deixar fazer parte disso, ALice!! Vou continuar aprendendo muito com você!! ^^

    ResponderExcluir
  6. Obrigada! Senti que essa postagem foi tão introspectiva e cheia de respostas que foi inútil, mas se você gostou de lê-la, fico feliz ^^

    Ahaha, não se sinta nostálgica! Meus pensamentos sobre lolita não param por aqui! :3

    Eu que agradeço, por ter testemunhado e me ajudado nos devaneios. Conversar contigo é muito inspirador, e também aprendo muito quando o nos falamos ^^

    Beijos de cadeiras shabby chic! ♥

    ResponderExcluir
  7. Que lindo seu post, além disso, gosto de pessoas que param e pensam o porquê es~tá fazendo as coisas ou porque fez tão atos. Isso deveria ser feito por todos, em minha opinão, mas é feitos por poucos.

    Beijinhos ^^

    ResponderExcluir
  8. Muito obrigada, Lais! Também acho que mais pessoas deviam pensar no porquê fazem o que fazem, creio que é importante a pessoa definir o que aquilo significa para ela, para não acabar dando um valor errado à coisa inconscientemente.

    Beijos de bala de coco! ♥

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...