sábado, 27 de agosto de 2011

Fanfic: Rendas e Sangue

Uma amiga minha escreveu uma fic e publicou no Fórum Moda Lolita, além de permitir que eu publicasse aqui no meu blog! A Kin-chan é mesmo um amor!

♣  ♠  ♥  ♦

Olá pessoas. Outro dia eu estava conversando com uma amiga minha que se interessa por lolita, e por algum motivo random, eu comentei que seria hilário ver duas lolitas brigando. Daí eu escrevi esse texto altamente idiota e nonsense e decidi compartilhá-lo com pessoas que entenderiam todas as piadas envolvendo lolita.

Aviso: Todos os personagens nessa fic são totalmente fictíceos. Se alguma lolita tiver o mesmo nome de alguma dessas personagens, bom, foi uma total coincidência. Não tenho nada contra itas, lolitas, estatuetas de personagens de anime, o estranho mundo de jack e especialmente pasta de dente.

Contém linguagem forte :O


Rendas e Sangue

~ A Terrível Vingança de uma Ita Trevosa ~

Era um dia ensolarado de junho e KawaiiMisa325 encontrava-se em seu quarto escuro cercada de mangás, estatuetas de personagens de anime e vestidos bufantes de renda barata.

Seu pacote havia chegado.

Faziam seis meses que ela aguardara ansiosamente esse momento. Finalmente, o lucky pack da BTSSB que ela comprara no Ebay depois de meses de economizar sua mesada, roubar dinheiro dos pais e mendigar na rua chegara. KawaiiMisa325 levou o pacote rosa com o logotipo da famosa brand para perto dos olhos, como se admirasse sua compra. Porém, ela jamais abriria aquele pacote. Afinal, ela não havia comprado aquela roupa para usar.

Aquelas roupas serviriam para que ela exercesse sua diabólica vingança.

* * *

Tudo começara numa tarde escaldante de Dezembro, em que KawaiiMisa325 havia decidido ir a seu primeiro encontro lolita. KawaiiMisa325 havia preparado tudo para aquele momento. Ela havia decidido usar o seu mais belo vestido: um vestido preto de mangas longas com dezenas de babados brancos e um profundo decote emoldurado por mais babados. Havia também uma espécie de corpete vermelho de vinil apertado que faziam seus seios parecerem mais fartos do que eram na realidade. A saia era bufante e gigantesca, com diversas camadas de tecido preto brilhoso e transparente. Para completar o look, usou diversos acessórios baratos comprados em eventos anime por preços absurdos, batom preto e maquiagem branca na cara.

KawaiiMisa325 saiu de casa totalmente convencida que estava não apenas super kawaii como super lolita, e que todas as meninas do encontro elogiariam seu maravilhoso look, porém, ela jamais poderia imaginar que aconteceria o que aconteceu naquele dia...

Assim que chegou no local do encontro, KawaiiMisa325 reparou que instantaneamente, todos os olhares se voltaram para ela. Não eram, no entanto, olhares de admiração como ela havia esperado: eram olhares de terror, nojo e constrangimento.

KawaiiMisa325 jamais havia sofrido uma humilhação daquelas. Em todos os eventos anime em que usara suas roupas ‘lolita’, havia recebido elogios, pessoas haviam pedido para tirar fotos com ela, haviam dito que ela estava super kawaii, mas naquele momento... Naquele momento ela era...!!

“Ita”. KawaiiMisa325 havia ouvido várias vozes cochicharem entre si. Sentia que todas as meninas do grupo estavam a julgando naquele momento. Lentamente, uma das garotas aproximou-se dela com uma expressão piedosa. Apresentou-se educadamente e disse-lhe que seu outfit não se enquadrava nas regras do estilo lolita embora ele fosse bastante... Diferente.

“Mas por favor, não se preocupe muito com isso. Todas nós já fomos iniciantes e erramos alguma vez... Se você ainda quiser, pode vir tomar chá com a gente e eu posso até te explicar mais sobre as regras e alguns micos que eu paguei...”. A menina disse sorrindo. Usava um cardigan preto simples sobre uma camisa branca com alguns babados sutis e uma saia preta com bolinhas brancas. KawaiiMisa325 descobriria que ela usava o nome de Neko.

“Regras...?”. Perguntou KawaiiMisa325, sem entender bem do que aquilo se tratava. A lolita que se apresentara a ela pôs se a explicar o que ela chamou de características básicas do estilo lolita: saias em formato cupcake, roupas que evitassem um excesso de babados, brilho e tecidos de má qualidade, cortes mais modestos e muitas outras coisas que a KawaiiMisa325 só pareceram críticas veladas ao seu look e à pureza de seu coração lolitoso.

Antes que KawaiiMisa325 pudesse responder, duas garotas vestidas delicadamente e dentro das ‘regras’ aproximaram-se dela com sorrisos arrogantes.

“Ei, está perdida?”. Perguntou a primeira, que usava um coordinate rosa de doces. KawaiiMisa325 descobriria mais tarde que ela usava o nome de Candy. “O evento anime que você deve estar procurando não é aqui. Ou seria uma festa de Halloween prematura?”.

As duas riram juntas do comentário. KawaiiMisa325 olhou para o chão, tentando impedir que lágrimas escorressem de seus olhos. Neko olhou nervosamente para a dupla.

“Candy, eu acho que a gente devia...”.

“Há, Neko simpatizou com uma ita”. Comentou a segunda, que usava um coordinate em tons de azul. “Por que é que isso não me surpreende diante daquele outfit ho-rrí-vel que você usou no ano passado? Jamais vou esquecer de você com o seu cosplay de maid gatinha dizendo que estava de lolita!”.

“Ah, nem me fale nisso, Blueberry! Eu fico com vontade de rir só de lembrar que alguém pode ser idiota o bastante para chamar aquilo de lolita! Neko, por que você não vai com sua nova amiga ita e ajuda ela a tirar toda essa pasta de dente da cara?”.

As meninas riram maldosamente, um riso que ficaria na cabeça de KawaiiMisa325 por muito tempo. Neko olhou para o chão envergonhada e estendeu uma mão acolhedora para KawaiiMisa325, mas KawaiiMisa325 afastou sua mão com um tapa.

KawaiiMisa325 correu o mais rápido que pôde, deixando para trás aquelas cruéis meninas que atreveram-se a dizer que ela não era uma lolita de verdade. KawaiiMisa325 parou no ponto de ônibus e chorou, sua respiração ofegante, sua maquiagem branca desmanchando-se com suas lágrimas.

Não! Ela pensou, indignada. Elas não tinham o direito de chamá-la de ita. Só por que ela tinha criatividade?! Por que não seguia as regras?! Afinal, quem havia inventado aquelas regras?! Lolita era sobre liberdade de expressão! Ela podia vestir-se como ela quisesse e ninguém poderia criticá-la por isso! E daí que suas roupas não seguiam as ‘regras’! Sua alma, seu coração era lolita, e ninguém tinha o direito de dizê-la que ela era três letras a menos do que isso!

Foi aí que KawaiiMisa325 jurou que iria se vingar de todas aquelas megeras que haviam duvidado de sua loliticidade. Aquelas meninas eram todas fúteis! Superficiais demais para ver a pureza lolitosa de seu coração, e ela iria se vingar delas por isso... Ela tinha o plano perfeito.

* * *

KawaiiMisa325 abriu seu armário e fitou suas roupas pensativamente. Se seu plano fosse dar certo, ela não poderia chamar atenção. Escolheu um vestido preto com babados também pretos também de péssima qualidade, mas que chamariam menos atenção que os brancos que ela costumava usar. O vestido era de alça e decotado, porém a saia tinha o formato certo e se ela usasse uma blusa branca por baixo dele, não estaria violando nenhuma regra de forma significativa o bastante para chamar atenção.

Sentindo uma grande dor em seu coração itoso, dispensou a maquiagem branca e os acessórios baratos que tanto amava.

“Isso é apenas temporário”. Ela sussurrou carinhosamente para sua coleira de gato roxo brilhante com babados pretos de má qualidade - um de seus acessórios mais estimados - antes de sair de casa escondendo habilidosamente o lucky pack em sua bolsa preta do Estranho Mundo de Jack.

* * *

Como KawaiiMisa325 havia planejado, ninguém a reconheceu naquele encontro. Também, aquele não era como o encontro de que ela participara em Dezembro. Neste, haviam lolitas vindas de todas as partes do Brasil, e a grande quantidade de pessoas tornava difícil o reconhecimento de uma garota que havia ido em apenas um meeting, mesmo que houvesse sido um meeting memorável.

KawaiiMisa325 esgueirou-se pela multidão e acabou conseguindo acesso ao segundo andar do prédio sem que ninguém percebesse. KawaiiMisa325 saiu a procura de um bom lugar para pôr em ação o seu plano, e encontrou-o muito mais cedo do que imaginara: encontrou uma porta que dava para uma plataforma que ficava logo acima do primeiro andar, da onde poderia ver todas as lolitas que se reuniram naquele dia.

KawaiiMisa325 andou sobre a plataforma, tomando cuidado para que seus saltos não fizessem barulho. Olhou para as lolitas com desgosto, e no meio da multidão, viu as duas pessoas que haviam feito nascer em seu coração o ódio que sentia por todas as lolitas do mundo: Candy e Blueberry. KawaiiMisa325 tirou o lucky pack de sua bolsa, estava prestes a por em prática a vingança com que fantasiara por meses, porém, antes que pudesse agir, ouviu alguém chamar o seu nome.

“Misa-chan!”. Chamou Neko. Sua respiração parecia um tanto ofegante. “Misa-chan, eu sabia que era você. Quando eu vi você subir para o segundo andar, eu fiquei preocupada. Por favor, esse lucky pack, o que você vai fazer com ele?!”.

KawaiiMisa325 fitou a garota com frieza.

“Eu vou usar isso para me vingar de Candy e Blueberry, e de todas as lolitas que riram de mim e me chamaram de ita com desprezo”. Ela respondeu. “Não tente me impedir Neko, eu não quero ter que machucá-la”.

“S-Se vingar? M-Mas Misa-chan! Por quê? Eu lembro do seu outfit em Dezembro e vendo o seu outfit agora... Você melhorou tanto! Eu não acho que ninguém vá chamar você de ita se ver você agora!”.

“Eu não ligo. Eu era lolita porque meu coração era puro e inocente. Agora, eu tenho apenas ódio e ressentimento na minha alma, e não posso nunca mais me chamar de lolita...”.

“M-Mas! Misa-chan! Lolita é apenas uma estética! Mesmo que seu coração não seja mais puro, isso não significa que você não pode ser lolita, você só precisa saber coordenar as peças certas!”.

“Olhe para você mesma!”. Bradou KawaiiMisa com desprezo. “Você está falando que nem elas. Lolita não é uma estética! É um estado de espírito! Essas meninas que estão aí, elas não sabem o que é ser uma lolita de verdade, é por isso que eu vou destruir todas elas usando o que elas prezam acima de todas as outras coisas...”.

“Brand...”. Exalou Neko, como se tivesse entendido algo. “Você vai jogar esse lucky pack lá embaixo, não vai? Não pode ser! Você não pode estar pensando...!”.

“É exatamente nisso que estou pensando, Neko! Eu vou jogar o lucky pack do segundo andar, e quando as lolitas perceberem o que aconteceu, todas irão lutar até a morte por ele!”.

“Não! Você não pode fazer isso! O que você espera ganhar com esse massacre?!”.

“Não é óbvio, Neko?”. KawaiiMisa325 perguntou retoricamente. “Uma vez que todas as lolitas do Brasil estejam mortas, não haverá ninguém ditando as ‘regras’ do estilo. Quando isso acontecer, eu e todas as outras pessoas como eu poderão usar o que quiserem e chamar de lolita! E então o mundo será um lugar mais justo!”.

“Não!”. Exclamou Neko horrorizada, retraindo-se para um canto da plataforma. “Imagine todas as coisas horríveis que resultarão disso! O mundo se tornará um lugar em que as pessoas usam headdress com babados brancos num coordinate kuro loli e não vêem o menor problema com isso! Ou... Ou pior! Usam vestidos lolita com all star sem a menor vergonha ou remorso!! Isso não te parece horrendo?! Você não vê o que você vai causar?! Será o apocalipse da estética!”

“É exatamente isso que eu quero, Neko. Eu sonho com um mundo em que as pessoas usem all star e coleira de gato com fantasia de sex shop e chamem de lolita, e ninguém duvide das intenções de seu coração. Agora, creio que já conversamos demais, a ditadura lolita termina agora”.

KawaiiMisa325 aproximou-se mais uma vez da plataforma e, com um sorriso diabólico, jogou o lucky pack em direção às duas lolitas que mais odiava. Neko levantou-se e correu em direção a KawaiiMisa325 para impedi-la, mas ela fora lenta demais. Tudo o que pôde fazer fora assistir à lenta queda do lucky pack com lágrimas nos seus olhos.

Primeiro houve um grito de surpresa e animação diante daquele evento inesperado, e a partir daí, as coisas só pioraram. De alguma forma, o lucky pack havia parado entre Candy e Blueberry, e ninguém poderia dizer quem pusera as mãos naquele pacote primeiro.

“Solta isso, Candy! O lucky pack é meu!”.

“Seu é o caralho! Eu peguei ele primeiro!”.

As duas meninas, ambas vestidas com coordinates sweet OTT em cores opostas continuaram a puxar o pacote até que ele se rasgou e seu conteúdo espalhou-se pelo chão do primeiro andar. Então foi uma bagunça. Todas as lolitas a um metro ou menos de distância do lucky pack jogaram-se no chão na esperança de conseguirem quaisquer daquelas preciosas roupas de brand.

Candy e Blueberry brigavam agora por um jumperskirt rosa estilo sweet old school. As duas se recusavam a soltar o vestido.

“Larga o vestido, Blueberry! Rosa é a MINHA cor!”.

“Ah, só porque você não tem criatividade para fazer outfits em outras cores a cor é SUA agora? Você larga o vestido, Candy! Eu vou ficar muito mais bonita nele!”.

“Você vai ficar mais bonita nele? Seu rosto é quadrado e esquisito! Você devia ter largado sweet há muito tempo atrás!”.

“Como ousa?! E você com suas espinhas horríveis! Você acha que ninguém repara nos quilos de base que você usa no seu rosto! E o seu tom de base é claro demais! Você quase parece que está fazendo visual kei!”.

Então ouviu-se um som de tecido rasgando, e Candy e Blueberry perceberam então que elas haviam cometido o maior pecado de todo o universo lolita: elas haviam rasgado brand.

“Olha o que você fez, sua vadia?! Agora nenhuma de nós vai poder usar!”

“Foi você que não soltou a merda do vestido, Candy!”.

Aparentemente esquecidas do resto do conteúdo do lucky pack, as duas lolitas avançaram uma sobre a outra. Candy acabou em cima de Blueberry e socou-a no rosto.

“Ai! Isso doeu a minha mão!”. Candy reclamou depois de dar o soco. “Viu? Você fez com que eu estragasse minha nail art!”.

“Eu fiz com que você estragasse sua nail art! Você está murchando a minha anágua, sua vadia! Sai de cima de mim!”. Replicou Blueberry, e puxou Candy pelas maria-chiquinhas para que ela baixasse a guarda.

“Sua FILHA DA PUTA! Eu fiquei TRÊS HORAS fazendo esse penteado!”. Candy gritou, estatelada no chão.

“E ELE NEM FICOU TÃO BONITO ASSIM!!”. Retrucou Blueberry enquanto apertava o pescoço de Candy.

“SUA VADIA!! COMO OUSA DIZER ISSO!!”. Candy gritou sem fôlego, arranhando o ar. Acabou conseguindo arrancar o laço da cabeça de Blueberry, e o acessório foi prontamente pisoteado por diversas outras lolitas em brigas similares.

KawaiiMisa325 observou a cena com satisfação. Tinha vontade de rir vendo todas aquelas lolitas brigando, suas anáguas e bloomers aparecendo, seus acessórios e roupas sendo destruídos.

“FILHA DA PUTA! VOCÊ RASGOU MINHA SAIA DA AP!”. Ela ouviu de algum lugar da multidão.

“SUA SAIA DA AP!? QUEM VOCÊ ACHA QUE ESTÁ ENGANANDO!? ISSO AÍ É UMA RÉPLICA DA MILANOO MUITO MAL FEITA!!”.

“O QUÊ??! COMO OUSA...?!”.

KawaiiMisa325 riu diabolicamente. Todas aquelas lolitas haviam vindo ao encontro vestindo vários subestilos diferentes, mas ao final daquele dia, todas estariam de GURO.

Neko sentava-se no chão da plataforma, observando a cena com lágrimas escorrendo pelo seu rosto. Era horrível. Todas aquelas belas roupas... Destruídas. Só de pensar nos vestidos da moi même moitié rasgados, o coração se enchia de tristeza.

KawaiiMisa325 pegou sua bolsa preta e deixou a plataforma. Neko levantou-se e correu atrás dela.

“Você não vai se safar com isso, KawaiiMisa325!”. Ela gritou. “Não importa quantas lolitas nós perdemos! O estilo lolita é uma estética com regras rígidas, e você não vai poder mudar isso! Tudo o que você vai fazer é aumentar a quantidade de pessoas ignorantes!”.

KawaiiMisa325 parou momentaneamente, como se cogitasse responder alguma coisa, mas no final apenas riu de novo - uma risadinha curta, porém repleta de insanidade.

“Talvez isso seja verdade. Mas eu não me arrependo de nada que eu fiz. No final, eu não fiz nada além de permitir que as lolitas fossem destruidas pela sua própria vaidade e consumismo”. Ela respondeu, e desapareceu na escuridão.

♣  ♠  ♥  ♦

Eu adorei! Espero que vocês também tenham gostado! 

2 comentários:

  1. Yay, que bom que vc gostou! Me sinto importante tendo um texto meu publicado no seu blog, hehe :3

    ResponderExcluir
  2. Ahuahua, legal XDDD Fico feliz em saber que meu blog te faz sentir-se mais importante de alguma forma :3

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...