quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Comprinha: Anel

Talvez eu esteja me especializando em postagens inúteis porque, vejam bem, primeiro posto sobre uma receita que não deu certo (tudo bem que foi com a intenção de avisar que a receita é ruim, mas...), depois sobre animais e, por fim, sobre um anel que comprei e que não fotografei (direito) por não ter câmera! Acabei tirando a foto com a webcam, pena que não ficou muito boa...


Talvez não tenha dado para ver, mas é um anel que tem uma rosa no dentro e outras pequenas em volta! É meio pesadinho e muito bonito! Realmente adorei! Pena que não coube direito em mim e só posso usar no dedo médio da mão esquerda u_u

Digo, claro que posso usar no anelar das duas mãos! Mas um anel grande e pesadinho assim parece pedir para ficar no dedo médio, né?

Estou satisfeita com essa compra, ainda mais porque a Karine (do My Subarashii LoliDays, de quem comprei o anel) foi muito fofa e me mandou um brinde para compensar o frete que eu paguei (que deu o valor do produto, lol)! ♥  

Achei muito atencioso da parte dela essa compensação. Como não foi um valor alto e eu nunca comprei pela internet e tal (foi minha primeira compra, que emoção! *-*), nem me passou pela cabeça que se existisse algum costume de fazer compensações do tipo. Se é, fico feliz! Se não, achei realmente muito fofo e educado da parte da Karine pensar nisso (embora a Ichigo também tenha me oferecido uma compensação quando encomendei minha roupa lolita...).

E assim ganhei um espelhinho fofo!


Ele parece um hamburguer de doces! Quero ver se terei coragem de usá-lo... É tão fofo que tenho vontade de deixar de enfeite na minha escrivaninha! Será que só eu tenho dó de usar essas coisas tão fofas, por medo de estragá-las? Talvez aos poucos eu crie coragem para sair com essa fofura!



♣  ♠  ♥  ♦

Essa compra foi para mim muito significativa porque:
♣ Mesmo que não tenha sido um item lolita, é um item comprado de uma lolita!
♠ Foi minha primeira compra pela internet, com uma "pessoa física"
♥ É um anel muito bonito, que vejo nitidamente em um outfit gothic lolita que pretendo montar no futuro
♦ Serviu para que eu tome coragem para continuar a comprar pela internet. Sempre tive a sensação que saía muito caro, e gastar um valor pequeno nisso me trouxe muita confiança!

♣  ♠  ♥  ♦

Sem contar que foi mais uma experiência enriquecedora: como falei, nunca fui de comprar de pessoas pela internet. É muito legal notar uma espécie de "regra de etiqueta" entre as lolitas e/ou vendedoras de produtos lolita (aah, creio que deu para me entender!) de compensar fretes muito caros. Me soa como um cuidado a mais, algo que me remete à uma época em que se havia o costume de presentear alguém quando visitava a pessoa e cavalheiros abriam as portas dos quartos para damas entrarem neles. Não estou exagerando, realmente sinto isso. Acho bonito esse tipo de capricho, e pretendo realmente passar a incorporá-lo!

Falo isso porque, tendo visto duas lolitas terem a mesma atitude, imagino que não sejam elas as duas exceções, e sim que se haja esse tipo de cuidado normalmente. Talvez eu esteja errada, mas prefiro pensar assim! E, caso eu descubra que estava mesmo errada, isso não mudará a minha vontade de ser alguém que tem cuidados como esses! ♥  

♣  ♠  ♥  ♦

Por último, deixo aqui o cartão que a Karine me mandou, do blog dela! Também não sei se é um costume lolita, de qualquer forma achei também fofo e cuidadoso! Muito obrigada!


Dessa vez, não tirei a foto eu mesma! Peguei do blog da Karine, porque
queria ter certeza de que não sairia uma foto borrada como as outras ficaram ^^"

EDIT: Conversei com a Karine e ela me permitiu postar uma foto dela no meu blog, portanto aqui está!


Foi inclusive conversando com ela que descobri que o anel que comprei é da Body Line! =O Fiquei mais feliz ainda! Comprei minha primeira peça lolita, e ainda por cima é uma brand (ora, BL é brand, né? D:)! É um item do qual terei muito orgulho! Agora entendo e me lembro de algo que a Ichigo escreveu (ou traduziu) certa vez, de que é legal ter pelo menos um item de brand, mesmo que seja um objeto simples, e que ele vai te deixar feliz sempre se segurá-lo e lembrar-se dele! É realmente muito gratificante, talvez eu até vá à escola com ele amanhã!

Encontrei a print da BL do anel...
Comprei o mais de baixo, que tem pedras pretas!

Beijos de unicórnios! ♥

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Fotos de animais! ♥

Elefante

Eu estava no Eco4Planet (site sobre o qual falo aqui) e me deparei com essa linda reportagem da BBC! Um fotógrafo dinamarquês chamado Morten Koldby (site oficial dele aqui) decidiu fotografar animais selvagens de uma forma muito original: fazendo contato visual com eles em close!

Leão jovem

Leoa (eu creio)

O objetivo do trabalho era captar a expressão facial dos animais, e seus olhares. Segundo ele, consegue-se ver personalidade em suas expressões: "É como se eles estivessem com raiva, tristes, nervosos, etc"

Macaco-de-Gibraltar

Girafa

Todos os animais fotografados são mamíferos, e o trabalho deu a ele a idéia de expandi-lo, produzindo um livro com 50 animais. Além disso, Morten está produzindo um projeto de financiamento pela internet, e quem quiser pode ajudá-lo a produzir o livro.

Gorila

Corça macho

A intenção do fotógrafo, além de registrar todos esses belos olhares e "personalidades", é o de que as pessoas se identifiquem com os bichos. E admito que, fazendo coro ao que o homem do Eco4Planet disse, isso não é tão difícil, uma vez que as fotos foram tiradas com estilo e iluminação de retratos humanos (fala sério, eles ficam muito melhores no 3x4 do que a gente!)

"Se isso fizer com que algumas pessoas se identifiquem mais com estes animais, ficarei feliz", declarou Morten.

Lêmure

Urso-polar

Koldby diz que teve a ideia quando decidiu "fazer algo novo em um fim de semana". Ele fotografou os animais em zoológicos e parques naturais. Óbvio que, para tirar as fotos, ele precisou do auxílio dos profissionais responsáveis pelo cuidado com cada animal. Foi tudo muito cuidadoso.

Lobo-cinzento

Segundo ele, foi fácil chamar a atenção dos bichos. O difícil foi tirar a foto (de qualidade, claro) antes deles se cansarem de ficar encarando o fotógrafo. Hm... Será que não foi tedioso para os animais isso? O Morten falou que teve que tirar muitas fotos antes de conseguir essas que expôs... Pelo menos os animais estavam bem cuidadinhos e alimentados, fazendo com que se cansassem mais devagar! Ainda bem, né? Porque graças a isso temos esse belo trabalho! ♥

Urso-pardo
Achei extremamente interessante e não resisti a postar aqui! Para encerrar essa reportagem meiga, o meu favorito!

O tigrinho (?) fofo ♥



♣  ♠  ♥  ♦


E aí, o que acharam de eu bancando a repórter? (Geral: Volta pras roupas, Alice... -.-)

Hm? Tá, né. Mas eu realmente curti a reportagem, e procurarei colocar coisas do Eco4Planet que me interessarem! Gosto muito de ecologia e coisas relacionadas a meio ambiente e animais!

Beijos de arco-íris! ♥ (XD)

Receita: Torta de Banana - NÃO FAÇAM!

Cá estou eu com mais uma experiência culinária! E dessa vez... É. Sim, pois é. Por enquanto, eu realmente não aconselho: a massa ficou muito seca! Não sei, talvez eu não tenha usado bananas o suficiente (a receita dizia para usar 15, mas usei umas 8...), mas acho que não influenciaria na massa.

De qualquer forma, outro dia farei a bomba novamente, modificando algumas coisas, e vejamos se dá certo! Nah, vai dizer que também não é bom eu avisar as receitas que são ruins? D:




‎♣   ♠   ♥   ♦


Receita: vegetariana/vegana
Grau de dificuldade: fácil
Rendimento: uma torta muito ruim (?) Tá, a coisa tem uns 40 centímetros de comprimento por 25 de largura, mais ou menos. E a altura é de por volta de 3 centímetros.




Ingredientes ~


♣ 5 xícaras de trigo integral fino
♠ 1 xícara e meia de açúcar mascavo
♥ 1 xícara de óleo
♦ 15 bananas nanicas maduras
♣ Canela em pó a gosto




Modo de preparo ~


Faça uma farofa com o trigo, o açúcar e o óleo. Misture tudo muito bem de maneira que a massa dê consistência. Unte uma forma e coloque metade da farofa no fundo, pressionando com as mãos. Corte as bananas em fatias e disponha uma porção em camadas sobre a massa. Adicione um pouco de canela sobre as bananas. Coloque a outra parte da farofa por cima da banana (reserve um pouquinho da farofa para o final) e finalmente coloque a última camada de banana com canela. Por cima, acrescente o restinho da farofa com mais canela. Asse por 35 a 40 minutos. Sirva a torta fria.




Dicas e Observações ~


♣ A receita fica muito seca, como já falei.
♠ Aviso que não falava a temperatura do forno na receita, de forma que pré-aqueci e assei em forno médio (200º ou 180º)
♥ Postei a receita para não esquecer de refazê-la, mas melhorada. Ou de achar uma receita decente de torta de banana vegetariana.




‎♣   ♠   ♥   ♦


Ok, talvez alguém ache sem-noção postar uma receita ruim. Mas acho que é legal eu compartilhar também as más experiências, e alertar o pessoal para não fazer a receita, não acham? ^^"

Encontrei no site Cantinho Vegetariano, mas a receita veio da Revista dos Vegetarianos (que, por sinal, é uma revista muito boa! Será que veganos gostam de bolos/tortas farinhentos? D:)

E deixo um aviso: não me conformo com essa receita! Eu que não devo ter feito direito... Se alguém tiver ousadia (cof cof, coragem) de fazer essa coisa mesmo após meus avisos, por favor, depois me avise o que fez (caso dê certo) D:

EDIT: Ao que tudo indica, SIM, a quantidade de bananas influencia na massa -.-''' Farei com 15 bananas e verei no que dá... Outro dia, claro. Agora preciso comer a inhaca que fiz =/

domingo, 28 de agosto de 2011

Coração lolita?

Andei conversando com uma amiga, sobre o tal do "coração lolita". Como as lolitas já sabem, as itas usam muito esse... Hm... "Argumento" para se denominarem como lolitas, sem que vistam corretamente o estilo. Caso alguma ita esteja lendo isso, por favor, não se ofenda. Ser ita não faz de você um ser humano menor ou pior, assim como ser lolita não faz da garota que o veste uma pessoa melhor. Talvez isso soe repetitivo, mas: diferenças à parte, somos todos iguais!

Me vi pensando com uma amiga minha, como já falei, sobre o tal do coração lolita. Parece que o "mundo lolita" se divide entre duas grandes idéias:

♣ As itas (EDITANDO: preciso corrigir um erro meu cometido aqui: não são apenas as itas que têm essa visão; há certas lolitas que também pensam isso. Peço desculpas por ter cometido essa injustiça com as itas ^^"), que acham que existe como ser uma lolita internamente, graças à pureza e inocência do coração de quem veste o estilo, esteja essa forma de se vestir de acordo com as características básicas ou não;
♠ As lolitas, que pensam que lolita é apenas um estilo de roupa e que, por causa disso, uma lolita continua sendo lolita mesmo se falar 10 palavrões a cada 9 palavras pronunciadas, tiver tatuagens pelo corpo todo e fume mais que uma chaminé.

Talvez eu tenha exagerado (ou não) as descrições, mas acho que exemplifiquei bem os dois pensamentos. Apesar de tender para o segundo pensamento, me surpreendi ao notar que, sim, eu creio na existência de um "coração lolita"! Fiquei muito surpresa, e me senti esquisita ao descobrir isso, pois admito que cheguei a me sentir meio ita (?). No entanto, antes que me apedrejem, esclareço que não creio no coração lolita como as itas propagam a idéia.

Eu creio que, internamente, todas as lolitas têm um "coração lolita". Claro que o lolita é um estilo de roupa e, como tal, mesmo a garota descrita no item acima é uma lolita, desde que tenha a saia em formato de sino, tecidos e rendas de qualidade e etc. Mas eu acho que pode-se ser uma lolita mesmo que não se esteja vestindo a roupa. Se eu já tenho outfits lolita, eu não deixei de ser uma porque hoje em especial decidi vestir calça jeans e camiseta, não?

Sem contar que penso no seguinte: o lifestyle lolita é um "algo além" que uma lolita pode fazer para seguir o estilo vitoriano, no qual a moda se inspira, não? Isso significa que costurar, bordar, cozinhar cupcakes e coisas assim, de alguma forma, aproximam ainda mais a lolita do estilo... Meu "primeiro passo" lolita foi ir atrás de roupas lolita, e acho que não sou a única menina que se sente uma princesa ao tomar o chá da tarde em uma xícara bonita (no meu caso, chocolate quente em uma caneca de morango ♥). Claro que isso não me faz uma lolita, mas faz com que eu me sinta uma princesa. E ser lolita é justamente a menina procurar se sentir como uma princesa, não é? Pelo menos muito do que li a respeito do estilo demonstrava essa intenção das lolitas: o de se sentir uma princesa!

Parando pra pensar, acho que o "coração lolita" não se resume à ser pura ou parecer uma criança, e sim à sensação de se sentir uma princesa. Creio que é disso que o coração lolita é feito. Afinal, é engraçado ver como as mais variadas lolitas (desde que a que vai em todos os eventos de anime que encontra e fala que coisas são "kawaii desu neee~" até a que só usa gothic lolita e ouve Emilie Autumn compulsivamente) têm em comum esse sentimento, e é isso que as move a usar o estilo, respeitando suas características básicas.

Quando fui conversar com uma terceira amiga sobre todas essas conclusões, ela comentou algo interessante. Acho que é meio ousado para mim afirmar isso, mas é uma idéia que se alojou na minha mente e sobre a qual pretendo pensar (afinal de contas, não gosto de generalizações e esse pensamento me faz achar que estou sendo meio preconceituosa). Já explico, e o farei por partes: lolita se baseia em relembrar a era vitoriana e rococó, não? Como uma garota pretende fazer isso se limita-se apenas a imitar o estilo de roupa? A escolha de roupas tem como pretensão lembrar uma época que não faz mais parte da nossa memória, de tão antiga. Algo sobre o qual só sabemos por causa de registros da época. Se vestir-se no estilo lolita significa lembrar aquela época que se vê com tanto romantismo, o comentário da minha amiga foi o de que alguém que veja que ser uma lolita se limita a roupas corretas, passando por cima da atitude correta, essa pessoa tem uma interpretação meio superficial sobre aquela época e sobre o que a lolita procura ao vestir-se dessa forma.

Como eu disse, não sei se compartilho dessa opinião: ela me parece um tanto extrema. Mas acho que é uma opinião bem válida, se olharmos a lógica utilizada.

E ainda ressalto um último aspecto, que causa muita confusão. Obviamente, é melhor ser educada do que mal-educada, assim como mostrar um dedo do meio é ofensivo. No entanto, eu tenho a sensação de que uma lolita, quando faz essas coisas, acaba soando como algo mais "feio" do que se, por exemplo, alguém vestido de punk fizesse o mesmo. Talvez seja um preconceito: se espera atitudes fofinhas e elegantes de uma dama (e lolitas parecem damas!), e fica-se chocado quando essa dama tem uma atitude mais rebelde. De qualquer forma, acho que educação é uma coisa básica para as pessoas, independente de serem lolitas ou não. no entanto, chama mais a atenção (negativamente falando) quando uma lolita é estupidamente mal-educada do que se é uma garota vestida normalmente. Sobre ser mal-educada, não estou falando sobre ter etiqueta vitoriana, e sim de simplesmente não ser estúpida com as pessoas ao seu redor, ok?

Aqui são as minhas opiniões. Peço perdão caso tenham ficado confusas, ou com muitas coisas juntas. a intenção foi soar clara, caso não tenha me expressado bem, por favor, perguntem o que eu quis dizer.

Até mais ♥

Comprinhas!

É, estou deixando esse blog com mais cara de diário... Na realidade, só estou postando o que me dá vontade! ♥ E, como eu via alguns blogs lolita falando de suas impressões sobre produtos, achei que seria legal fazer algo assim aqui também! Sem contar que adoraria compartilhar o despertar do meu lado vaidoso! ♥

Como diz o nome do post, fiz umas comprinhas! /o/ Como ainda não tenho uma câmera digital, não tenho como tirar foto T_T Maaaas, como comprei coisas 100% industrializadas (????), dá no mesmo mostrar uma foto do produto que comprei ou de um genérico.

Eu comprei


♣ Um rímel da Maybelline! ♥
♠ Um protetor labial da Nivea.

Reparem na diferença de entusiasmo XDDD





♣  ♠  ♥  ♦ 

Bom, há tempos eu já queria ter um rímel da Maybelline, pois sempre ouvi falar muito bem dessa marca! ♥ (gente, eu tô muito gay hoje...)

Comprei o The Colossal Volum Express que, segundo diz o nome, dá volume instantaneamente. Claro que sempre há um exagero: o deste caso foi de falar que dá 3 vezes mais volume. No entanto, eu usava antes o Super Shock da Avon e esse da Maybelline dá de... Vai, 10 a 7 em cima do da Avon. O pincel (seria esse o nome da escovinha de aplicar o rímel? Vai saber...) tem um formato melhor, fina na ponta, e isso facilita a aplicação nos cantos dos olhos! Para comparação, fui atrás de imagens. Peço desculpas por ainda não ter como tirar foto do produto >.<"






O aplicador não é amarelo, como mostra na imagem, e sim preto. Ok, isso não afeta em nada, mas é legal avisar (?). Comprei o que tem letras roxas na embalagem, que sai com água. O outro é à prova de água (se eu soubesse a diferença, teria escolhido o outro... XD). Como dá para ver pelo pincel, a pontinha é mais fina. Isso realmente faz diferença, na hora de passar. E realmente dá um destaque nos olhos. Cheguei a apalpar meus cílios, para saber como eles estavam, e senti-os bem duros. No entanto, olhando, não pareciam endurecidos. Acho que isso também é um ponto bem positivo!

Nota: 10

Só para comparação, deixarei aqui uma imagem do Super Shock. Infelizmente, não o encontrei mais para vender no site deles





O aplicador é preto (será que colocam essas cores para as pessoas verem melhor o pincel?) e, como (acho que) dá para ver, a ponta não é mais fina. Isso facilita muito para borrar, é meio desagradável. E ele é um pincel mais grosso, se comparado a rímeis "normais".

♣  ♠  ♥  ♦

Agora, o protetor labial da Nivea. Eu tinha um outro, o Sun Protect, mas ele tinha qualquer coisa na composição que me deixava com um hálito ruim, além de um gosto horrível na boca. Parecia que quanto pior o gosto que eu sentia, pior estava meu hálito. Então, por motivos óbvios, eu acabava ficando com o lábio ressecado por não passar o protetor. Enfim, finalmente decidi comprar um outro, que já testei e não deixa gosto ruim algum na boca! ♥  


Ele é muito bom, caso você deseje apenas proteção! Como realmente é só o que quero, ele está mais que bom: não tem cor, nem cheiro, nem dá brilho. Completamente discreto, e com FPS10, protegendo de raios UVA e UVB (que ainda vou descobrir os problemas que causam...). Já é uma proteçãozinha, né? Segundo as informações do site, ele é produzido com Aloe Vera e água purificada, fornecendo uma hidratação maior.

Nota: 10 (ele podia ter algum "a mais", mas como eu só procurava algo para hidratação, ele corespondeu perfeitamente ao que eu queria!)

A Nivea sempre aparentou ter uma linha hidratante muito boa, acho que começarei a testar mais! Especialmente a parte de cuidados labiais! ♥  

♣  ♠  ♥  ♦

Cá está a minha primeira postagens de experiências! Ressalto meu pedido de desculpas por não ter ainda como tirar foto, mas em breve solucionarei isso! ><''

Gostei muito dos dois produtos novos, sinto que vou usá-los bastante! Espero que vocês também gostem! ♥

Beijos de açúcar! ♥

PS: Agora, por favor, alguém conhece a cura para o "vírus do coraçãozinho"? Não consigo deixar de usá-lo... Pior é a sensação de que já li um blog onde a menina deixa "beijos de açúcar"... Se alguém souber, por favor, me avise. Não quero ter a sensação de que estou copiando ou sei lá...

Descobertinha: Blog "Dias de Chá"

Com o subtítulo de "O blog de uma lolita que nem gosta de chá", ele é um blog lolita (não diga, alice! =O~) que achei muito interessante, por causa do conteúdo: tem dicas de lojas internacionais, idéias sobre lolita, e ela está até organizando um censo lolita! Segundo o próprio perfil (e eu comprovei que é verdadeiro), a proposta é de "não ser mais um blog com fotos bonitas, mas sim um site com bom conteúdo".

De fato, amei o conteúdo! Gosto muito desses blogs que demonstram que a menina não pensa apenas superficialmente (não sei explicar, mas depois que me meti no Tumblr e achei certos endereços, passei a valorizar muito mais a pessoa pensar em coisas como "o que faz uma lolita" ou não, ou simplesmente coisas metafísicas em geral. Talvez, um dia, eu explique mais sobre isso).

Admito que só fico preocupada com uma coisa, ao ver um blog tão legal: se ela já escreveu tanto sobre lolita e tal, o que terei eu para falar?! D: Tem coisas muito completas, como essa pesquisa sobre preços de sapatos lolita! Achei extremamente útil, e sinto que o usarei muuuito!

Eu realmente espero que um dia meu blog seja tão útil para alguém como os que tenho encontrado estão sendo para mim! ♥

Para quem se interessou, aqui vai o endereço do blog: Dias de Chá.

sábado, 27 de agosto de 2011

Fanfic: Rendas e Sangue

Uma amiga minha escreveu uma fic e publicou no Fórum Moda Lolita, além de permitir que eu publicasse aqui no meu blog! A Kin-chan é mesmo um amor!

♣  ♠  ♥  ♦

Olá pessoas. Outro dia eu estava conversando com uma amiga minha que se interessa por lolita, e por algum motivo random, eu comentei que seria hilário ver duas lolitas brigando. Daí eu escrevi esse texto altamente idiota e nonsense e decidi compartilhá-lo com pessoas que entenderiam todas as piadas envolvendo lolita.

Aviso: Todos os personagens nessa fic são totalmente fictíceos. Se alguma lolita tiver o mesmo nome de alguma dessas personagens, bom, foi uma total coincidência. Não tenho nada contra itas, lolitas, estatuetas de personagens de anime, o estranho mundo de jack e especialmente pasta de dente.

Contém linguagem forte :O


Rendas e Sangue

~ A Terrível Vingança de uma Ita Trevosa ~

Era um dia ensolarado de junho e KawaiiMisa325 encontrava-se em seu quarto escuro cercada de mangás, estatuetas de personagens de anime e vestidos bufantes de renda barata.

Seu pacote havia chegado.

Faziam seis meses que ela aguardara ansiosamente esse momento. Finalmente, o lucky pack da BTSSB que ela comprara no Ebay depois de meses de economizar sua mesada, roubar dinheiro dos pais e mendigar na rua chegara. KawaiiMisa325 levou o pacote rosa com o logotipo da famosa brand para perto dos olhos, como se admirasse sua compra. Porém, ela jamais abriria aquele pacote. Afinal, ela não havia comprado aquela roupa para usar.

Aquelas roupas serviriam para que ela exercesse sua diabólica vingança.

* * *

Tudo começara numa tarde escaldante de Dezembro, em que KawaiiMisa325 havia decidido ir a seu primeiro encontro lolita. KawaiiMisa325 havia preparado tudo para aquele momento. Ela havia decidido usar o seu mais belo vestido: um vestido preto de mangas longas com dezenas de babados brancos e um profundo decote emoldurado por mais babados. Havia também uma espécie de corpete vermelho de vinil apertado que faziam seus seios parecerem mais fartos do que eram na realidade. A saia era bufante e gigantesca, com diversas camadas de tecido preto brilhoso e transparente. Para completar o look, usou diversos acessórios baratos comprados em eventos anime por preços absurdos, batom preto e maquiagem branca na cara.

KawaiiMisa325 saiu de casa totalmente convencida que estava não apenas super kawaii como super lolita, e que todas as meninas do encontro elogiariam seu maravilhoso look, porém, ela jamais poderia imaginar que aconteceria o que aconteceu naquele dia...

Assim que chegou no local do encontro, KawaiiMisa325 reparou que instantaneamente, todos os olhares se voltaram para ela. Não eram, no entanto, olhares de admiração como ela havia esperado: eram olhares de terror, nojo e constrangimento.

KawaiiMisa325 jamais havia sofrido uma humilhação daquelas. Em todos os eventos anime em que usara suas roupas ‘lolita’, havia recebido elogios, pessoas haviam pedido para tirar fotos com ela, haviam dito que ela estava super kawaii, mas naquele momento... Naquele momento ela era...!!

“Ita”. KawaiiMisa325 havia ouvido várias vozes cochicharem entre si. Sentia que todas as meninas do grupo estavam a julgando naquele momento. Lentamente, uma das garotas aproximou-se dela com uma expressão piedosa. Apresentou-se educadamente e disse-lhe que seu outfit não se enquadrava nas regras do estilo lolita embora ele fosse bastante... Diferente.

“Mas por favor, não se preocupe muito com isso. Todas nós já fomos iniciantes e erramos alguma vez... Se você ainda quiser, pode vir tomar chá com a gente e eu posso até te explicar mais sobre as regras e alguns micos que eu paguei...”. A menina disse sorrindo. Usava um cardigan preto simples sobre uma camisa branca com alguns babados sutis e uma saia preta com bolinhas brancas. KawaiiMisa325 descobriria que ela usava o nome de Neko.

“Regras...?”. Perguntou KawaiiMisa325, sem entender bem do que aquilo se tratava. A lolita que se apresentara a ela pôs se a explicar o que ela chamou de características básicas do estilo lolita: saias em formato cupcake, roupas que evitassem um excesso de babados, brilho e tecidos de má qualidade, cortes mais modestos e muitas outras coisas que a KawaiiMisa325 só pareceram críticas veladas ao seu look e à pureza de seu coração lolitoso.

Antes que KawaiiMisa325 pudesse responder, duas garotas vestidas delicadamente e dentro das ‘regras’ aproximaram-se dela com sorrisos arrogantes.

“Ei, está perdida?”. Perguntou a primeira, que usava um coordinate rosa de doces. KawaiiMisa325 descobriria mais tarde que ela usava o nome de Candy. “O evento anime que você deve estar procurando não é aqui. Ou seria uma festa de Halloween prematura?”.

As duas riram juntas do comentário. KawaiiMisa325 olhou para o chão, tentando impedir que lágrimas escorressem de seus olhos. Neko olhou nervosamente para a dupla.

“Candy, eu acho que a gente devia...”.

“Há, Neko simpatizou com uma ita”. Comentou a segunda, que usava um coordinate em tons de azul. “Por que é que isso não me surpreende diante daquele outfit ho-rrí-vel que você usou no ano passado? Jamais vou esquecer de você com o seu cosplay de maid gatinha dizendo que estava de lolita!”.

“Ah, nem me fale nisso, Blueberry! Eu fico com vontade de rir só de lembrar que alguém pode ser idiota o bastante para chamar aquilo de lolita! Neko, por que você não vai com sua nova amiga ita e ajuda ela a tirar toda essa pasta de dente da cara?”.

As meninas riram maldosamente, um riso que ficaria na cabeça de KawaiiMisa325 por muito tempo. Neko olhou para o chão envergonhada e estendeu uma mão acolhedora para KawaiiMisa325, mas KawaiiMisa325 afastou sua mão com um tapa.

KawaiiMisa325 correu o mais rápido que pôde, deixando para trás aquelas cruéis meninas que atreveram-se a dizer que ela não era uma lolita de verdade. KawaiiMisa325 parou no ponto de ônibus e chorou, sua respiração ofegante, sua maquiagem branca desmanchando-se com suas lágrimas.

Não! Ela pensou, indignada. Elas não tinham o direito de chamá-la de ita. Só por que ela tinha criatividade?! Por que não seguia as regras?! Afinal, quem havia inventado aquelas regras?! Lolita era sobre liberdade de expressão! Ela podia vestir-se como ela quisesse e ninguém poderia criticá-la por isso! E daí que suas roupas não seguiam as ‘regras’! Sua alma, seu coração era lolita, e ninguém tinha o direito de dizê-la que ela era três letras a menos do que isso!

Foi aí que KawaiiMisa325 jurou que iria se vingar de todas aquelas megeras que haviam duvidado de sua loliticidade. Aquelas meninas eram todas fúteis! Superficiais demais para ver a pureza lolitosa de seu coração, e ela iria se vingar delas por isso... Ela tinha o plano perfeito.

* * *

KawaiiMisa325 abriu seu armário e fitou suas roupas pensativamente. Se seu plano fosse dar certo, ela não poderia chamar atenção. Escolheu um vestido preto com babados também pretos também de péssima qualidade, mas que chamariam menos atenção que os brancos que ela costumava usar. O vestido era de alça e decotado, porém a saia tinha o formato certo e se ela usasse uma blusa branca por baixo dele, não estaria violando nenhuma regra de forma significativa o bastante para chamar atenção.

Sentindo uma grande dor em seu coração itoso, dispensou a maquiagem branca e os acessórios baratos que tanto amava.

“Isso é apenas temporário”. Ela sussurrou carinhosamente para sua coleira de gato roxo brilhante com babados pretos de má qualidade - um de seus acessórios mais estimados - antes de sair de casa escondendo habilidosamente o lucky pack em sua bolsa preta do Estranho Mundo de Jack.

* * *

Como KawaiiMisa325 havia planejado, ninguém a reconheceu naquele encontro. Também, aquele não era como o encontro de que ela participara em Dezembro. Neste, haviam lolitas vindas de todas as partes do Brasil, e a grande quantidade de pessoas tornava difícil o reconhecimento de uma garota que havia ido em apenas um meeting, mesmo que houvesse sido um meeting memorável.

KawaiiMisa325 esgueirou-se pela multidão e acabou conseguindo acesso ao segundo andar do prédio sem que ninguém percebesse. KawaiiMisa325 saiu a procura de um bom lugar para pôr em ação o seu plano, e encontrou-o muito mais cedo do que imaginara: encontrou uma porta que dava para uma plataforma que ficava logo acima do primeiro andar, da onde poderia ver todas as lolitas que se reuniram naquele dia.

KawaiiMisa325 andou sobre a plataforma, tomando cuidado para que seus saltos não fizessem barulho. Olhou para as lolitas com desgosto, e no meio da multidão, viu as duas pessoas que haviam feito nascer em seu coração o ódio que sentia por todas as lolitas do mundo: Candy e Blueberry. KawaiiMisa325 tirou o lucky pack de sua bolsa, estava prestes a por em prática a vingança com que fantasiara por meses, porém, antes que pudesse agir, ouviu alguém chamar o seu nome.

“Misa-chan!”. Chamou Neko. Sua respiração parecia um tanto ofegante. “Misa-chan, eu sabia que era você. Quando eu vi você subir para o segundo andar, eu fiquei preocupada. Por favor, esse lucky pack, o que você vai fazer com ele?!”.

KawaiiMisa325 fitou a garota com frieza.

“Eu vou usar isso para me vingar de Candy e Blueberry, e de todas as lolitas que riram de mim e me chamaram de ita com desprezo”. Ela respondeu. “Não tente me impedir Neko, eu não quero ter que machucá-la”.

“S-Se vingar? M-Mas Misa-chan! Por quê? Eu lembro do seu outfit em Dezembro e vendo o seu outfit agora... Você melhorou tanto! Eu não acho que ninguém vá chamar você de ita se ver você agora!”.

“Eu não ligo. Eu era lolita porque meu coração era puro e inocente. Agora, eu tenho apenas ódio e ressentimento na minha alma, e não posso nunca mais me chamar de lolita...”.

“M-Mas! Misa-chan! Lolita é apenas uma estética! Mesmo que seu coração não seja mais puro, isso não significa que você não pode ser lolita, você só precisa saber coordenar as peças certas!”.

“Olhe para você mesma!”. Bradou KawaiiMisa com desprezo. “Você está falando que nem elas. Lolita não é uma estética! É um estado de espírito! Essas meninas que estão aí, elas não sabem o que é ser uma lolita de verdade, é por isso que eu vou destruir todas elas usando o que elas prezam acima de todas as outras coisas...”.

“Brand...”. Exalou Neko, como se tivesse entendido algo. “Você vai jogar esse lucky pack lá embaixo, não vai? Não pode ser! Você não pode estar pensando...!”.

“É exatamente nisso que estou pensando, Neko! Eu vou jogar o lucky pack do segundo andar, e quando as lolitas perceberem o que aconteceu, todas irão lutar até a morte por ele!”.

“Não! Você não pode fazer isso! O que você espera ganhar com esse massacre?!”.

“Não é óbvio, Neko?”. KawaiiMisa325 perguntou retoricamente. “Uma vez que todas as lolitas do Brasil estejam mortas, não haverá ninguém ditando as ‘regras’ do estilo. Quando isso acontecer, eu e todas as outras pessoas como eu poderão usar o que quiserem e chamar de lolita! E então o mundo será um lugar mais justo!”.

“Não!”. Exclamou Neko horrorizada, retraindo-se para um canto da plataforma. “Imagine todas as coisas horríveis que resultarão disso! O mundo se tornará um lugar em que as pessoas usam headdress com babados brancos num coordinate kuro loli e não vêem o menor problema com isso! Ou... Ou pior! Usam vestidos lolita com all star sem a menor vergonha ou remorso!! Isso não te parece horrendo?! Você não vê o que você vai causar?! Será o apocalipse da estética!”

“É exatamente isso que eu quero, Neko. Eu sonho com um mundo em que as pessoas usem all star e coleira de gato com fantasia de sex shop e chamem de lolita, e ninguém duvide das intenções de seu coração. Agora, creio que já conversamos demais, a ditadura lolita termina agora”.

KawaiiMisa325 aproximou-se mais uma vez da plataforma e, com um sorriso diabólico, jogou o lucky pack em direção às duas lolitas que mais odiava. Neko levantou-se e correu em direção a KawaiiMisa325 para impedi-la, mas ela fora lenta demais. Tudo o que pôde fazer fora assistir à lenta queda do lucky pack com lágrimas nos seus olhos.

Primeiro houve um grito de surpresa e animação diante daquele evento inesperado, e a partir daí, as coisas só pioraram. De alguma forma, o lucky pack havia parado entre Candy e Blueberry, e ninguém poderia dizer quem pusera as mãos naquele pacote primeiro.

“Solta isso, Candy! O lucky pack é meu!”.

“Seu é o caralho! Eu peguei ele primeiro!”.

As duas meninas, ambas vestidas com coordinates sweet OTT em cores opostas continuaram a puxar o pacote até que ele se rasgou e seu conteúdo espalhou-se pelo chão do primeiro andar. Então foi uma bagunça. Todas as lolitas a um metro ou menos de distância do lucky pack jogaram-se no chão na esperança de conseguirem quaisquer daquelas preciosas roupas de brand.

Candy e Blueberry brigavam agora por um jumperskirt rosa estilo sweet old school. As duas se recusavam a soltar o vestido.

“Larga o vestido, Blueberry! Rosa é a MINHA cor!”.

“Ah, só porque você não tem criatividade para fazer outfits em outras cores a cor é SUA agora? Você larga o vestido, Candy! Eu vou ficar muito mais bonita nele!”.

“Você vai ficar mais bonita nele? Seu rosto é quadrado e esquisito! Você devia ter largado sweet há muito tempo atrás!”.

“Como ousa?! E você com suas espinhas horríveis! Você acha que ninguém repara nos quilos de base que você usa no seu rosto! E o seu tom de base é claro demais! Você quase parece que está fazendo visual kei!”.

Então ouviu-se um som de tecido rasgando, e Candy e Blueberry perceberam então que elas haviam cometido o maior pecado de todo o universo lolita: elas haviam rasgado brand.

“Olha o que você fez, sua vadia?! Agora nenhuma de nós vai poder usar!”

“Foi você que não soltou a merda do vestido, Candy!”.

Aparentemente esquecidas do resto do conteúdo do lucky pack, as duas lolitas avançaram uma sobre a outra. Candy acabou em cima de Blueberry e socou-a no rosto.

“Ai! Isso doeu a minha mão!”. Candy reclamou depois de dar o soco. “Viu? Você fez com que eu estragasse minha nail art!”.

“Eu fiz com que você estragasse sua nail art! Você está murchando a minha anágua, sua vadia! Sai de cima de mim!”. Replicou Blueberry, e puxou Candy pelas maria-chiquinhas para que ela baixasse a guarda.

“Sua FILHA DA PUTA! Eu fiquei TRÊS HORAS fazendo esse penteado!”. Candy gritou, estatelada no chão.

“E ELE NEM FICOU TÃO BONITO ASSIM!!”. Retrucou Blueberry enquanto apertava o pescoço de Candy.

“SUA VADIA!! COMO OUSA DIZER ISSO!!”. Candy gritou sem fôlego, arranhando o ar. Acabou conseguindo arrancar o laço da cabeça de Blueberry, e o acessório foi prontamente pisoteado por diversas outras lolitas em brigas similares.

KawaiiMisa325 observou a cena com satisfação. Tinha vontade de rir vendo todas aquelas lolitas brigando, suas anáguas e bloomers aparecendo, seus acessórios e roupas sendo destruídos.

“FILHA DA PUTA! VOCÊ RASGOU MINHA SAIA DA AP!”. Ela ouviu de algum lugar da multidão.

“SUA SAIA DA AP!? QUEM VOCÊ ACHA QUE ESTÁ ENGANANDO!? ISSO AÍ É UMA RÉPLICA DA MILANOO MUITO MAL FEITA!!”.

“O QUÊ??! COMO OUSA...?!”.

KawaiiMisa325 riu diabolicamente. Todas aquelas lolitas haviam vindo ao encontro vestindo vários subestilos diferentes, mas ao final daquele dia, todas estariam de GURO.

Neko sentava-se no chão da plataforma, observando a cena com lágrimas escorrendo pelo seu rosto. Era horrível. Todas aquelas belas roupas... Destruídas. Só de pensar nos vestidos da moi même moitié rasgados, o coração se enchia de tristeza.

KawaiiMisa325 pegou sua bolsa preta e deixou a plataforma. Neko levantou-se e correu atrás dela.

“Você não vai se safar com isso, KawaiiMisa325!”. Ela gritou. “Não importa quantas lolitas nós perdemos! O estilo lolita é uma estética com regras rígidas, e você não vai poder mudar isso! Tudo o que você vai fazer é aumentar a quantidade de pessoas ignorantes!”.

KawaiiMisa325 parou momentaneamente, como se cogitasse responder alguma coisa, mas no final apenas riu de novo - uma risadinha curta, porém repleta de insanidade.

“Talvez isso seja verdade. Mas eu não me arrependo de nada que eu fiz. No final, eu não fiz nada além de permitir que as lolitas fossem destruidas pela sua própria vaidade e consumismo”. Ela respondeu, e desapareceu na escuridão.

♣  ♠  ♥  ♦

Eu adorei! Espero que vocês também tenham gostado! 

Pensamentos randoms

Pretendo fazer daqui meio que um diário. Afinal, querendo ou não, é o lugar que escolhi para colocar o que passa pela minha cabeça. Já faz um tempo que vejo os blogs My Subarashii LoliDays e o Ribbon Land, cujos conteúdos me atraem. Acho legal também mostrar as coisas do dia-a-dia, especialmente porque ajuda a dar o devido valor a detalhes (coisa que estou tentando começar a fazer). Acho que o "espírito lolita" se baseia muito em você se sentir feliz ao encontrar formas de se sentir mais bonita e, considerando isso, até mesmo um rímel novo é válido. Ou um item burando... Aí depende do que você quer (ou pode comprar XD) na hora.

Ao mesmo tempo, também adoro blogs ao estilo Reino de Morango e Midori-Sakura, que tem tutoriais e informações. Portanto, tentarei fazer um meio-termo: de tudo um pouco! Claro que usarei marcadores para não misturar demais os conteúdos, mas gosto das coisas assim: tudo junto e misturado! Pelo menos aqui!

Isso sem contar a minha eterna paixão pelo meio ambiente e coisas sutentáveis, além da cozinha vegetariana. Aqui também será meu "reservatório de receitas", todas testadas e aprovadas por mim! Que emoção (?)! Admito que meu sonho é ser vaidosa e "correta", com o uso de cosméticos que não sejam testados em animais e nada do tipo! Pretendo pesquisar para atingir esse sonho! ♥

Hoje parei para pensar no quanto o lolita já me influenciou, e para o bem! Aprendi bastante, e sinto que cresci muito. Além de aprender as coisas "técnicas" (que, sinceramente, acho que são o de menos) eu fiz algumas conhecidas e amigas (que pretendo multiplicar de quantidade!) e quebrei muitas barreiras, como, por exemplo, minha antipatia por rosa. Continua estando bem longe de ser minha cor favorita, mas acho que tem como ser algo legal dependendo do contexto. Minha vontade de ter coisas fofas e meigas (como uma caneca de morango! ♥) já demonstra que coisas mudaram. Não, não farei um monólogo a respeito. Vou focar uma coisa que nunca pensei que me aconteceria em lolita: quebra de preconceitos!

Não sei vocês, mas eu gosto muito quando percebo que tinha preconceito com algo e isso se quebrou! Admiro as pessoas que têm mente aberta para novas coisas, e combate seu próprio pré-conceito até aceitar que, sim, gosta daquilo! Tenho aprendido que o fato de eu me importar com a minha aparência não significa que tenho menos cérebro, e que gostar de algumas músicas das Spice Girls e da Sandy não me faz uma debilóide, e nem me faz gostar menos de Machado de Assis e Beatles!

Engraçado é que eu sempre tive vontade de me vestir de uma forma diferente, com acessórios legais, mas o simples medo de sofrer algum preconceito me fazia querer sempre ser o mais discreta possível! Digamos que eu não escolhia minha roupa pelo que eu queria, e sim pelo que chamaria menos a atenção! Esquisito, não? Mas agora estou correndo atrás do prejuízo e indo atrás de vestir o que EU quero!

É estranho observar como apenas um detalhe faz com que nos olhem como se fôssemos ETs! E como eu sou meio crítica demais e (admito!) me deixo levar pelas aparências às vezes, em muitas situações em que gosto de algo preciso primeiro me convencer de que não tenho mal-gosto. Tive isso quando notei que curtia algumas músicas das Spice Girls e da Sandy... Mas acho que, depois que a gente nota que aquilo que gostamos pode ser bom, deixa-se de dar tanta importância ao que os outros dizem! Pelo menos eu fico constrangida quando falam mal de algo que eu gosto e que sou inconformada por curtir! A partir do momento que penso "Ok, mas isso é legal!" eu já não ligo se as pessoas consideram de qualidade ou não! Não sei se deu pra entender...

De qualquer forma, estou gostando muito das minhas auto-descobertas no mundo lolita! Espero derrubar muitos mais preconceitos, sejam eles meus ou de outras pessoas! ♥

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Receita: Chá "anti-gripal"

Em primeiro lugar, eu não creio que exista realmente comidas mágicas que façam a gripe (ou qualquer outra doença) sumirem instantanemente XD Mas acho que existem alimentos que podem fornecer para o nosso corpo as vitaminas necessárias para combater aquela enfermidade.

Quase tudo nesse chá tem alguma propriedade anti-gripal de alguma forma: canela, gengibre, mel, limão, cravo (sobre esse eu não tenho certeza) e açúcar (esse é o ingrediente que motivou o "quase" -qqq)


♣  ♠  ♥  ♦


Receita: vegetariana (hm, dúvidas sobre isso, porque mel é de origem animal...)
Grau de dificuldade: fácil
Rendimento: 3 porções


Ingredientes ~


♣ 2 colheres de sobremesa de gengibre picado bem pequeno (se você não é muito fã de gengibre, use 1 colher ^^)
♠ 2 colheres rasas de açúcar
♥ 1 rodela de limão sem casca
♦ Cravo à gosto
♣ Canela à gosto (usei canela em pau, mas também pode-se usar a moída)
♠ 1 litro de água filtrada


Modo de preparo ~


Coloque o açúcar para caramelizar em uma panela/leiteira. quando ele tiver derretido, acrescente os outros ingredientes (menos a água) e coloque o fogo baixo. Vá mexendo até subir um vapor que terá bem o cheiro de todos os ingredientes. Nesse ponto, coloque a água e continue mexendo, até o açúcar diluir da água e desgrudar do fundo da panela. Quando ferver, coe a mistura e sirva! ^^ Se quiser, acrescente uma colher de chá de mel, após o chá servido na xícara.


Dicas e Observações ~


♣ Se prefere o gosto do gengibre mais forte, deixe ferver por mais um tempinho.
♠ Se prefere o gosto do gengibre mais fraco, também pode deixar o açúcar ficar mais queimado: ele camufla o gosto do gengibre!
♥ Um truque para o açúcar queimar mais rápido (antes de derreter totalmente, às vezes) é usar uma panela de fundo grosso.


♣  ♠  ♥  ♦


Já fiz e o sabor do chá é bem forte, mas é gostoso! A fonte da receita foi esse blog: Conversas de Cozinha.

Diferenciando: Off-white X Branco

Como eu confundo muito as coisas e ainda sou aprendiz nos "conceitos lolita", ou relativos a moda em geral, decidi criar essa seção, onde aprendo a diferenciar coisas que me confundem!

Na estréia, teremos off-white e branco O_o


♣  ♠  ♥  ♦


É, eu tenho dúvida nisso... Se não sou sozinha, bem-vinda!

Quando perguntei a uma amiga qual era a diferença entre essas duas coisas, ela me disse que off-white é um branco desbotado. Pesquisando na Victoria Maiden, no blog Reino de Morango e na internet, consegui essas imagens que (creio) ajudam a diferenciar.

De perto, o off-white não passa por branco.

Off-white
Branco

Ao menos foi essa a referência que encontrei. Olhando mais de longe, passa por branco. Eu diria que o off-white é um "branco sujo"...

Off-white

Branco

Branco

Off-white
Acho que é uma boa opção, para quem acha branco algo meio sem-graça, ou quer fazer algo meio "diferente". Afinal, é uma mudança bem básica de cor, mas já dá alguma diferença, né?

Ah, e acrescentando algo sobre um comentário que vi e que foi um bom alerta: tem que ter uma certa habilidade para coordenar branco com off-white! Bem coordenado fica bonito, mas tem que tomar cuidado para não ficar um outfit meio jogado, por causa da semelhança das cores!

Espero que essa explicação tenha ajudado alguém além de mim!♥

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Receita: Leite quente com mel e canela

Estou gripadinha ç__ç' Então (claro que ia ter uma história!) decidi fazer uma coisa que costumo fazer de manhã, para mim. Eu acho bem gostoso, e é simples de fazer! ♥

Antes de dar a receita, vou explicar a relação entre eu estar gripada e o leite que tomo pela manhã... É simplesmente porque tanto o mel quanto a canela tem propriedades muito boas!
Mel: possui vitaminas C, D, E e do Complexo B, além de ter propriedades antioxidantes e minerais (como ferro e cálcio), dentre outras coisinhas mais. (fonte: Wikipédia)
Canela: é um fortificante muito bom, que ajuda a combater a gripe, tosse e muitas outras coisas, além de ser digestiva e dar um cheirinho e gosto gostosos ^^ (fonte: Natural Enternauta)




♣  ♠  ♥  ♦


Receita: lacto-vegetariana
Grau de dificuldade: fácil
Rendimento: 1 porção




Indredientes ~


♣ Uma xícara de chá de leite
♠ Um pedaço de canela em pau
♥ Duas colheres de sobremesa de mel*




Modo de preparo ~


Coloque o leite em uma leiteira para ferver, junto da canela em pau. Enquanto o leite aquece, coloque o mel na xícara. Depois do leite quente (eu costumo esperá-lo ferver, mas é só para garantir que ele esteja mesmo quente ^^'' - e depois demoro mais de meia hora pra esperar o troço esfriar... - ), coloque um pouquinho dele na xícara (o suficiente para cobrir o mel), misturando com uma colher em seguida. Quando estiver homogêneo, você pode colocar o resto do leite.




Dicas e Observações ~

♣ *Eu coloco duas colheres de mel, mas é porque gosto das coisas mais fortes. Se você acha que pode naõ gostar de tanto mel (ou achar que prefere mais), coloque à vontade! Só usei a minha receita como base. No final, o mel é à gosto.
♠ Se você prefere também com mais canela, não há problema algum! Eu coloquei, por exemplo, duas canelas em pau nessa minha receita de agora, embora normalmente coloque uma só!


Espero que gostem! ♥

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Moda lolita: Inspiração e Características básicas

Como quero fazer o assunto "lolita" ser algo mais constante por aqui, decidi agora colocar algumas informações objetivas sobre a moda lolita. Escrevi meio um resuminho... Farei o máximo para fragmentar as informações entre muitas postagens, para não ficar algo muito pesado, ok?

Inspiração ~

Podendo ser chamada de "lolita", "roriita" ou simplesmente "loli", essa é uma moda criada no Japão, que usa como inspiração as roupas femininas infantis das épocas rococó e vitoriano. Simplesmente isso. Como naquela época não havia muita diferença entre as roupas infantis e adultas, muitas roupas de mulheres também podem servir de inspiração.


Uma das referências para roupas daquela época é a Maria Antonieta, rainha consorte da França que ficou famosa popularmente por meio do filme "Marie Antoniette", protagonizado pela atriz Kirsten Durst.




Tendo já isso esclarecido, acho que fica mais fácil de entender o estilo. Algumas coisas desse estilo foram mantidas, e outras, bem modificadas. Ele modernizou-se, claro, e é um estilo que vai mudando com o tempo. Por exemplo, as lolitas iniciais não usavam as mesmas coisas que as de atualmente. Explicarei disso mais para frente, desculpe por adiantar -.-'''

De qualquer forma, essas roupas serviram para se definir as tais características básicas do estilo. Ao contrário do que muitas garotas pensam inicialmente, não há um "grupinho fresco definindo regras a torto e a direito" sobre lolita. Essas tais "definições" não são de agora, já são próprias do estilo desde que ele foi criado. Afinal, lembre-se que a base é histórica: as meninas de antigamente!

Características básicas ~

Bom, sabendo-se que a inspiração são as menininhas de antigamente, dá para ter uma idéia do básico apenas olhando a primeira imagem.
Quando olho para ela, eu penso em:
♣ Saias volumosas (as tais de "saias em formato de sino" que tanto se fala)
♠ Delicadeza
♥ Elegância
♦ Cores claras
♣ Inocência
♠ Recato

Obviamente, essas não são as características básicas "oficiais". São apenas o que eu observo ao ver a imagem histórica, e que servem para se ter uma idéia do clima que a moda lolita transpira! ^^

Talvez agora, você que já conhece lolita deve estar olhando o "cores claras" e pensando "Ué, então gothic lolita e punk lolita não são lolita?! E o kuro lolita...? Ah, essa aí não sabe do que está falando -.-"... Caso esteja pensando isso, vou esclarecer o que já falei: desde que foi inventada, essa moda sofreu acréscimos, como o surgimento de subdivisões. E o que citei acima, como já falei, é apenas o que observei da imagem. Também me referi mais à "aura" (ui, essa doeu ><") das roupas do que ao que elas têm ou deixam de ter.

Então eu paro e me pergunto: o que precisa para alcaçar essas coisas? ='''D

Pensando nisso, chego às características básicas, que são:

♣ Saia em formato de sino, em geral na altura do joelho; no máááximo, mostrando até 1/3 da coxa. Não se pode esquecer que deve-se aparentar inocência e recato. Essas duas coisas não serão conseguidas com uma saia que vai até metade da coxa...

♠ Nada de decote mostrando o vão dos seios, barriga aparecendo, tecido transparente e afins. Afinal, até que dá para ficar elegante sendo sexy, mas se você for sexy você não será recatada ^^"

♥ Tecidos com qualidade, que não sejam brilhosos (podem lembrar fantasias baratas ou produtos de sex shop =/) e que tenham o caimento correto, da tal da saia em formato de sino. Por mais que o modelo da roupa seja prezando o recato, se usar um tecido típico de sex shop não haverá esse clima. Sem contar que não ficará elegante.

♦ Ressaltando novamente a qualidade: não apenas em tecidos, mas também na maquiagem e penteado. Tem que ficar elegante como um todo, e para isso é preciso cuidado.

Observação: Outra coisa básica, como em todo estilo, é usá-lo na totalidade. Não que fique exatamente estranho se você usar uma saia lolita misturada com blusa e todo o resto da montagem não-loli. Mas aí não é lolita, e sim o que se chama de "lolita a la mode", ou simplesmente inspirado em lolita. O estilo lolita, assim como os outros, não se baseia apenas em uma roupa, é todo um conjunto. Se quiser usá-lo, é preciso lembrar do cabelo, acessórios, sapato, meias, até mesmo maquiagem.



♣  ♠  ♥  ♦


Está aqui a postagem! Realmente espero que gostem, que esteja bem explicadinho e que, principalmente, não esteja cansativo de ler! Procurei com todas as minhas forças fazer algo não muito técnico e que ficasse legal de entender. Meu maior medo é cair no tédio, quando escrevo algo informativo ç__ç

Tentei também justificar cada uma das "regras", uma vez que tem muitas garotas que antipatizam com elas por acharem que são pura frescura ^^"

Por fim, os créditos! Sim, eu pesquisei!
Inspiração: Midori-sakura
Características: Reino de Morango
Imagens: Wikipédia /o/ E Midori-sakura, para a primeira imagem.

Até! ♥


domingo, 14 de agosto de 2011

Lista de Desejos 1: Victorian Maiden

Já que ainda não sou uma lolita e, portanto, não tenho como participar (por exemplo) do meme sobre lolita e nem de nada do tipo (até porque não entendo ainda tanto assim de lolita), eu decidi comçar a fazer uma lista de desejos de Brands! ♥

A Victorian Maiden foi uma que me chamou a atenção logo de cara. Ela me soa mais vitoriana e tradicional, com muitos florais e cores leves. Tem algumas coisas lá que parecem ser o "básico" do lolita. Acho que Victorian Maiden tem mais jeito de classical lolita, uma das subdivisões que eu mais adoro!

Então, para dar até um ânimo no meu lado lolita, decidi sonhar um pouquinho com as tais roupas burandos que eu gostaria de ter!

Outra coisa legal da Victoria Maiden é que (na minha opinião) seus produtos não são muito diferentes (como falei, é algo mais tradicional) e por isso é legal para iniciantes como eu!

Bom, indo para a lista XDD



Bom, esse vestido é realmente um amor! Eu o acho extremamente fofo... E imagino que dê para usar até sem uma camisa (cof cof, ainda não aprendi os termos técnicos) por baixo, porque é realmente muito bonitinho! Parece já algo completo, não sinto falta de uma camisa ao olhar para ele e o máximo que consigo imaginar é usando com uma de manga curta. Aliás, isso me leva ao próximo item:



Infelizmente, acredito que o laço inviabiliza um coordinate com o vestido acima. Mas essa camisa em off-white (pelo menos, segundo o site, isso é off-white. Eu não sei diferenciar, creio que isso será assunto que um próximo post...) é muito fofa! Especialmente por causa das rendinhas na gravata e nas mangas. Se esse laço for removível, dá para usar em um coordinate com o vestido! Por outro lado, eu creio que, mesmo com o laço, há como coordenar essa linda camisa com o próximo item:



Hm, ou talvez não. Esse já tem laços e tal, né? É, dei bola fora. Falando sobre a roupa: eu achei esse azul muuuito meigo! Acho que isso que eu adoro nas roupas da Victorian Maiden, elas transpiram (?) meiguice! Sinto que, quando eu tiver alguma coisa dessa loja, vou me sentir uma princesa só de olhar para ele... Mas eu acho que ele pode ser coordenado com esse aqui:



Há, dessa vez não me enganei! Acho que, com acessórios azuis, ia ficar extremamente meigo esse classical lolita. Ou acabaria sendo um sweet à moda antiga? Bom, para entender do que estou falando, dê uma olhadinha aqui e aqui (juro que ainda vou postar sobre isso aqui no meu blog!). De qualquer forma, esse é um dos vestidos Victoria Maiden que eu mais gosto, por ser simples de coordenar! Em geral, eu adoro branco com rendas, fica fofo e se pode acrescentar quase qualquer coisa para ficar um outfit da subdivisão que se quiser. Aqui, a parte do busto mais detalhadamente:


E o próximo vestido também é muito fofo!



Na prática, para o vestido acima, mas com esse... Essa... Essa "coisa" floral por cima! (Ai, eu realmente preciso pesquisar o nome das coisas...). Nada mais a dizer sobre ele, apenas que achei-o lindo!




E aqui vem mais um branco e simples! Esse também transpira meiguice, e sempre me leva a querer fazer um shiro lolita, ou tentar um  sweet lolita oldschool... Será que ia ficar legal com uma camisa preta por baixo? Hm, é um teste a se fazer! Gosto de tentar o diferente. Acho que só o "chato" dos vestido Victorian Maiden é que eles sempre me levam a imaginá-los sozinhos, sabem? Sem camisa por baixo... Parece que, sozinhos, eles já dão conta do recado! Ok, serve de dica para o verão, quando é quase loucura usar um coordinate completinho, mas também parece que, se for sempre sem camisa, parece que falta algo na minha "capcidade de coordenação"... Hm... *pensativa*



Esse eu achei lindo! O preto realmente fica mais elegante em modelos do Victoria Maiden! Em geral eu acho que tons escuros soam mais elegantes... O que me conquistou nesse modelo foi a renda no decote! Perto do babado do decote. Foi esse detalhe que me conquistou, porque, afinal, o resto do vestido é meio básico. E, como em todo vestido Victoria Maiden, me vejo impossibilitada de imaginar uma camisa por baixo dele. Ainda mais por causa do próximo item, que acho que dá para colocar em um coordinate:




Imagina esse luva tudi-bom com o vestido acima e uma meia-calça também rendada?! *w* Imagino um coordinate todo preto, que não sei em qual subestilo ficaria... Talvez kuro lolita, eu acho. Enfim, essa luva é um dos itens que mais gostei!


Como último item da minha lista de desejos, e também podendo ser coordenado com os itens pretos, esse enfeito floral que me conquistou! Achei-o muito elegante, embora ache que ele sumiria no meu cabelo preto... Cheguei a ver também um modelo em vinho, que ficou perfeito, mas depois não encontrei mais. Uma pena D:

♣  ♠  ♥  ♦

Ufa! Lista de desejos enorme, hein? Nove coisas, só do Victoria Maiden! Fiquei feliz por ter testado minha habilidade de tentar fazer coordinates, eu nunca tinha feito isso. Acho que ficariam legais as coisas que imaginei.

Uma amiga minha, uma vez, falou que não curtia muito as roupas dessa loja porque elas são muito básicas. Mas acho que o tema do Victoria Maiden é justamente esse... Me parece que as roupas são mais "de fundo",. Não sei se dá para fazer um coordinate só com roupas da Victoria Maiden, acho que todas têm muitos babados e detalhes, ficaria meio sobrecarregado. Por outro lado, uma camisa Victoria Maiden em um outfit mais básico com certeza daria um up!

Deixando de devaneios, fico por aqui. 

Até mais!♥  

Tradução: Regras para ser uma Lolita ♥


Estava passeando pelo Reino de Morango quando encontrei esta tradução dela de uma poesia muito bonita (pelo menos na minha opinião) sobre lolita. Como essa minha área anda meio defasada, e quero relembrar essa tal sensação de ser uma princesa, decidi colocar essa pequena lembrança. Foi muito bonito relê-la, sempre me causa a mesma sensação de estar em um bosque em plena manhã, ainda vendo gotas de orvalho nas folhas... Essa poesia seria uma pequena gota de orvalho. Ou, talvez, uma borboleta pousada em uma margarida.


Eu quero me tornar uma Lolita, você diz.
Então torne-se uma, eu respondo.
O que posso fazer para parecer uma Lolita?
Não tenho palavras para responder isso.
Você precisa de um headdress, não? E uma armação.
Esse conjunto é estranho?
Não é errado para uma Lolita?
Por que você quer ser uma Lolita?
Porque é moda, porque meus amigos usam...
Se este é o caso, você não tem o direito de ser uma Lolita.
Se você apenas faz o que os outros fazem, você se parecerá com uma Lolita.
Mas quero que pense em algo.
Para quem você vive?
Você acha que quer ser você mesma, mas você tem medo do isolamento.
Você grita que quer ser livre, mas você se conforma em seguir convenções.
Quando você é elogiado por algo, nem se sente confortável, você realmente está satisfeita?
Garotas que vestem Vivienne Westwood, mas nem conhecem Sex Pistols.
Mesmo vestindo um colete, uma princesa é uma princesa.
Minhas regras Lolita são apenas minhas.
Então você é a única que pode encontrar suas regras Lolita.
Meu deus e o seu deus são diferentes, não são?
Há anjos que usam vestidos elegantes e tocam tamborim,
Mas há também anjos que vestem armadura e carregam espadas, cujo trabalho é lutar.
Não posso responder sua pergunta.
Mas há várias dicas ao seu redor.
Você apenas ainda não notou.
O que você sente é sua resposta.
Costure babados nas bordas do seu coração!
Coloque uma tiara no topo da sua alma!
Tenha orgulho.

Novala Takemoto

(E aí vai mais um que eu adorarei fazer uma postagem a respeito!)

Até! ♥

sábado, 13 de agosto de 2011

Hidratação no cabelo: considerações básicas

É, acho que faço tudo meio fora da ordem... Essa devia ser a primeira postagem a respeito, penso eu. Mas tudo bem XD

Não sou mestra para fazer considerações a respeito. O que sei foi meio na prática, admito. Sei de algumas coisas práticas, mas não a justificativa delas, então procurei encontrar as tais.

♣ Primeiro o mais importante e que, creio, muitas de nós já sabemos: nada de passar o creme na raiz! Isso vai deixar o couro cabeludo oleoso, podendo causar muitos problemas (como, por exemplo, queda de cabelo), sem contar que, com mais oleosidade, é capaz que o cabelo pareça sujo e pesado. Para cabelos oleosos, passe o creme da metade do cabelo para baixo.

♠ Sobre a temperatura da água: tente usar a mais fria possível. Mas, antes de aplicar o creme hidratante, é legal usar uma água mais quente (apenas uma temperatura maior, não fervendo, ok?!), para abrir as escamas do cabelo. E, na hora de enxaguar o creme, uma mais fria, afim de fechá-las.

♥ Claro que você pode usar o melhor creme do mundo, mas ele não será de grande valia se você não massagear o fio. E como se faz isso? Bom, sabe aquele barato do cabelereiro, de ficar passando as mãos por toda a extensão do fio? Meio rápido, parece até que penteando? É aquilo (se alguém não entender, é só falar que tento fazer um trabalho melhor para explicar isso...).

♦ Ao invés de aplicar o creme em todo o cabelo de uma só vez, aplique em mecha por mecha. É legal ela não ter mais do que 4 centimetros de espessura. Você aplica na tal mecha, massageia o fio e vai para o próximo. Depois até dá, na hora de massagear mais, pegar mechas maiores.

Creio que são essas as tais considerações básicas... Tentarei pesquisar mais, caso tenha faltado algo! Até! ♥

Hidratação no cabelo: Abacate

Bom, desde que fiz esse blog eu vim pensando em colocar aqui minhas experiências, sejam na cozinha, sejam no cabelo ou na pele (até com roupas). Enfim, acho importante compartilhar isso, até porque o que não ajuda também deve ser lembrado, né?

Essa abaixo eu ainda não tirei do cabelo para ver o resultado, e já vejo que terei de fazer mais vezes para verificar direito.

Receita ~

♣ Meio abacate
♠ 1 colher de sopa de mel
♥ 1 colher de sopa de azeite de oliva

Bata no liquidificador a polpa do abacate, o azeite e o mel, aplicando a mistura no cabelo seco e deixando por 20 minutos. Na hora de tirar, lave o cabelo normalmente (shampoo + condicionador).

Aviso: o abacate maduro que eu peguei não estava muito mole, então a mistura não ficou uma pasta decente -.-' Por isso acho que terei que fazer esse teste de novo, com um abacate que preste (?)!

EDIT: refiz a hidratação e ela fica bem cremosa, sem pedaço algum! No entanto, em questão de efeito no cabelo, não fez diferença alguma a maturidade do abacate.

 Observações ~

♣ Se você tem cabelo fino, assim como eu, é legal acrescentar na mistura uma colher de queratina. Pelo que li a respeito, cabelos finos têm uma certa deficiência de queratina (comparado a cabelos grossos), deixando-os fracos e quebradiços. Então é aconselhável repor essa queratina. Sempre que vou fazer hidratação, eu a coloco.
♠ Na hora de aplicar a mistura, faça isso no banheiro. Porque essa pasta escorre dos dedos legal. Se bem que do cabelo ela não escorre...
♥ Coloque uma touca depois de aplicar, para não ficar sentindo tanto aquele cheiro de abacate (pode ser enjoativo para algumas pessoas). Sem contar que ajuda a proteger a roupa que você está usando.

Conclusões na hora ~

Bom, meu cabelo ainda está molhado. Eu sinto-o mais macio e também mais liso, de alguma forma (?). Também, até agora, não está armado. Na verdade, está até sem volume. Uma coisa que achei que fosse ficar, a não ficou (ainda bem!) foi o cheiro de abacate.
Agora ele secou, é continua como antes: mais liso e macio. Achei uma delícia passar a mão nele! ♥ Também está bem brilhante.

 Conclusões do dia seguinte ~


Ele continua macio e brilhante! Voltou a dar uma cacheada (ainda bem! XD) e voltou a estar no mesmo nível de volume de sempre. Como não sofro de cabelo volumoso, tudo ótimo. Continuo adorando passar a mão nele! ♥

Nota da hidratação: 10,0


PS: inventei essa coisa de nota agora... Então está sendo por opinião bem pessoal ok? XD Ainda vou organizar bonitinho essa coisa de nota ^^"

Até! ♥

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Receita: Guacamole

Receita: vegana \o/
Grau de dificuldade: fácil

É uma receita mexicana, muito saborosa e, como todo prato mexicano, tem um gosto muito forte. Vamos à receita:

Ingredientes ~

♣ 1 abacate maduro
♠ 1 tomate picado
♥ 1 limão
♦ 1 alho pequeno (picado ou amassado)
♣ Azeite a gosto
♠ Sal a gosto
♥ Molho de pimenta a gosto

Modo de preparo ~

Cortar o abacate ao meio e, com uma colher, tirar toda a polpa, colocando-a em um prato ou vasilha. Com uma faca, corte os pedaços em pedaços desiguais (alguns meio grandinhos, outros menores). Se quiser, pode amassar alguns pedaços também. A idéia é ficar uma pasta com alguns pedaços. Esprema o limão, e em seguida coloque o suco dele na vasilha, misturando com o abacate. Acrescente o alho, o azeite, o sal e a pimenta.

Dicas e Observações ~

♣ Apesar de ser uma receita simples, ela é um pouco complicada, por parte dos ingredientes ficarem muito "a gosto".
♠ Tudo nessa receita é meio a gosto: o essencial mesmo é apenas o abacate, o tomate o limão e o sal. O resto é perfumaria. Claro que fica gosto se colocar, mas se não colocar é guacamole do mesmo jeito. O bom disso é que se você não curte algum dos ingredientes listados é so não colocar!
♥ Se quiser, acrescente um pouquinho de coentro ou salsinha à receita.
♦ Fica muito bom tanto puro quanto no pão.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...